Autobiografia

Dr. Antônio Tavares Bueno Jr.O odontólogo inicia a vida na primeira metade do século XX com o 1º ato do homem ao nascer respirou e o 2º ato foi a amamentação e sempre deglutindo após três ou quatro sucções no peito materno e assim por diante até o amadurecimento das funções da boca, já com seus dentes decíduos completos na função da mastigação com movimentos de lateralidade, assim entrou para a escola sem dislalias ou dislexias aprendendo o Be-A BA, atingindo consequentemente o equilíbrio facial, crescendo sem consequências das patologias da primeira infância sem ter adquirido os hábitos de respiração bucal ou mesmo deglutição atípica fatores primordiais de disfunções orais e dentes tortos.

Em fim tornou-se dentista aos 23 anos e após 40 anos tem muitas histórias para contar ou mesmo artigos científicos para serem escritos e alguns já publicados dos seus trabalhos na Odontologia.

A função da boca como meta à sua saúde” sua linha filosófica em todos os dias de seu trabalho odontológico, sendo o paciente a boca e depois os dentes o caminho para um belo trabalho na sua odontologia.

Só posso ser bom dentista se meus pacientes tiverem todos os seus dentes até o final da vida, “Dentes nunca devem ser extraídos”.

Tenho de estudar para que a boca um órgão extraordinário possa funcionar perfeitamente por toda a vida. Sua qualidade de vida passa sem dúvida nenhuma pela qualidade das funções da sua boca. O sorriso faz parte de sua qualidade de vida.

Viver em PAZ: um objetivo de vida.