O que é Bruxismo?

O bruxismo ou, preferencialmente “ranger os dentes” é um hábito funcional que leva o paciente a ranger os dentes de forma rítmica durante o sono. É observada em pacientes de todas as idades e geralmente está relacionada a falta de função da boca, falta de saliva.

O bruxismo ocorre em cerca de 15% da população. Pode causar desgastes nos dentes, dores de cabeça e distúrbios da articulação temporomandibular, dentes fora de posição, perda óssea, retração gengival, dislalias, dislexias e ser ponto de desencadeamento de alterações funcionais da boca e do nariz.

Causas e consequências do bruxismo
A frequência e severidade do bruxismo estão altamente associadas falta de função da boca e nariz e falta de SALIVA a mais importante.

Quando noturno, o bruxismo envolve movimentos rítmicos semelhantes aos da mastigação, com longos períodos de contração dos músculos mandibulares, podendo ser a causa da dor e da fadiga muscular.

Um alinhamento incorreto dos dentes e o fechamento inadequado da boca costumam estar presentes em grande parte dos casos.

O esmalte dentário e a perda óssea são os primeiros a receber os danos do bruxismo, causando assim o desgaste anormal dos dentes.

As dores de cabeça tensionais são comuns nos portadores de bruxismo.

Elas surgem por contração excessiva dos músculos da mastigação, podendo atingir face, pescoço, ouvido e músculos torácicos.

As dores na articulação temporomandibular é bastante frequente nestes casos e está também relacionadas ao travamento na abertura da boca dificultando na alimentação e fala, e a alteração na face, diminuindo a qualidade de vida dos indivíduos portadores de bruxismo.

Na ortopedia funcional dos maxilares é que se dá o tratamento deste distúrbio.