O que é Ortopedia Funcional dos Maxilares?

A Ortopedia Funcional dos Maxilares (OFM) é uma especialidade da Odontologia que desenvolve um trabalho para tratar e recuperar e manter as funções orais e como consequência desalinhamento dental. Articulação temporomandibular é uma das articulações mais complexas de nosso corpo que também é de responsabilidade desta especialidade.

Corrige disfunções em pessoas de qualquer idade, usando técnicas que abrange aparelhos removíveis e fixos bem como exercícios musculares faciais.

O tratamento deve sempre ser realizado sem extração de dentes pois técnicas usadas em ortopedia funcional nos leva a buscar espaços e restabelecer o desenvolvimento ósseo, bem como suas disfunções.

Estes aparelhos produzem estímulos na rede de neurônios sensoriais da boca, que levam a mensagem até o sistema nervoso central que, por sua vez, responde remodelando estruturas ósseas, musculares, articulares e funcionais. Assim, a estética da face e as funções exercidas pela boca são restabelecidas, trazendo de volta o equilíbrio do sistema buco facial.

Sinais e sintomas observáveis e tratáveis pela OFM são TDAH, Síndrome do respirador bucal, deglutição atípica, distúrbios da ATM, apneia do sono, bruxismo (ranger de dentes durante o sono), apertar dentes, barulho feito pelo maxilar durante a mastigação, cefaleias, zumbido no ouvido, dor de ouvido, dores na face ou nos maxilares, queixo saliente, dentes tortos, dentes apinhados, mordida cruzada, dentes da frente que não se tocam, dentes superiores da frente que cobrem os inferiores (“queixo de bruxa”), dentes salientes ou queixo retraído, mordida cruzada atrás, lábios que se mantém abertos, língua entre os dentes da frente, entre outros distúrbios são em grande maioria iniciados por hábitos ou vícios orais que serão tratados como causa de origem da maioria destes distúrbios citados acima.